domingo, 3 de outubro de 2010

... 03/10/10 ...

Bom dia!

Com o passar dos dias tenho ficado mais cansado. Hoje está difícil de subir três a quatro degraus sem ter que parar para recuperar o fôlego.
A água no pulmão, a baixa resistência física e a pouca quantidade de área do pulmão que me sobrou para respirar estão me deixando muito fraco; aliado a quimioterapia feita na semana passada e a qual terá sua segunda dose nesta segunda-feira.
A falta de apetite voltou, o que dificulta um pouco mais para comer e repor as energias.
Em breve deverei fazer nova drenagem de água do pulmão esquerdo.

Abraços.

20 comentários:

  1. meu pai está numa situação parecida com a sua.
    Não lhe conheço, mas imagino( só quem passa sabe) o que vc está passando.....
    Lhe de desejo toda sorte desse mundo, estou rezando por meu pai, e estare rezando por vc, ninguém merece passar por isso
    Abraço,
    Fábio Bittencourt

    ResponderExcluir
  2. Fábio, força! Questão de tempo pra melhorar! Períodos de baixa assim são comuns, o negócio é não se abater com eles e focar sempre nos períodos bons! Grande abraço e melhoras!

    Xande

    ResponderExcluir
  3. Vc foi um grande exemplo de força, persistência, coragem e otimismo. Vc foi uma lição de vida!!
    Vc acabou sua missão aqui c muita dignidade...
    Fique com Deus, com muita luz... vá em paz!!

    ResponderExcluir
  4. Cintia não entendi seu comentário. O que está acontecendo com o Fábio? j.vianei@ig.com.br

    ResponderExcluir
  5. Um grande homem... lutou até o fim,vá em paz meu amigo!!!

    ResponderExcluir
  6. alguem por favor quer me dizer o q houve com o Fábio?jvianei@ig.com.br

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Ele está com Deus, amigo, com Deus!

    ResponderExcluir
  9. Fábio foi um exemplo de persistência, garra e vontade de viver, um grande guerreiro.

    ResponderExcluir
  10. Gente alguem por favor pode me dizer o que houve com ele? e se houve quando foi? ninguem me diz nada. ME RESPONDAM jviane@ig.com.br. - Biguaçu-SC OBS No penultimo post ele diz q tá tudo bem que foi dignosticado que o tumor estava morto, agora tá todo mundo com comentários estranhos.....

    ResponderExcluir
  11. Vai com deus fabio, estou rezando muito por ti, tua familia e principalmente pela Ana...

    ResponderExcluir
  12. Fábio faleceu ontem de manhã, e foi sepultado hoje de manhã no cemitério do Itacorubi, Florianópolis.

    ResponderExcluir
  13. Obrigado João Carlos, estava muito querendo informações a respeito do Fábio. Eu o conheci em março desse ano qdo estivemos em tratamento no CAPC, Fpolis. A vontade q ele tinha de viver era algo contagiante.Mais a missão dele aqui então foi concluida. (de minha parte tenho Linfoma, está tudo sob controle, hoje. O amanhã a Deus pertence).
    Gostaria de expressar a esposa dele (a vi de relance um unica vez, tbem lá no CAPC), que Deus lhe dê forças para suportar a dor da ausencia do Fábio, extensivo a todos os familiares e amigos.

    ResponderExcluir
  14. Que Deus dê muita força para Ana suportar a dor da ausência e seguir o seu caminho.

    ResponderExcluir
  15. Conforme o Fabio havia relatado na última postagem, submeteu-se a drenagem pulmonar na terça feira, dia 5. Após o procedimento a respiração melhorou, mas iniciou uma tontura, que segundo o Dr. Luiz Alberto poderia estar relacionada com a veia cava, decorrente do deslocamento do tumor em função da retirada do líquido pulmonar. A cada dia ele ficava mais debilitado. Muito ofegante passou utilizar oxigênio. Continuava com lucidez, mas apenas respondia o que lhe era perguntado. Para evitar maior sofrimento, às 21 horas do dia 8, foi sedado. Como os pulmões estavam comprometidos pela pressão exercida pelo tumor que, mesmo morto, media 23x18x13 cm. a respiração foi piorando e após três convulções veio a óbito às 6:30 horas do dia 9 de outubro.
    Agradecemos a todos que acompanharam a luta dele dando incentivo e fazendo orações pelo seu restabelecimento, o que contribuiu para viver por um período superior ao previsto por vários médicos que o atenderam. Em fevereiro recebi o primeiro prognóstico, dado por um oncologista de Joinville, 15 dias de vida. Em maio, após drenagem pulmonar, o cirurgião de Fpólis, alertou sobre a possibilidade dele vir a óbito após a cirurgia. Em agosto fez a mesma observação, dizendo que se viesse utilizar respirador artificial não teria mais volta. Procuramos manter o Fábio alheio a esses prognósticos em respeito a sua e nossa fé, o que proporcionou uma sobrevida com mais esperança.
    Finalizando, quero dizer que Deus nos deu o privilégio de ter um filho como o Fábio: carinhoso, educado, pacificador, amigo,atencioso,disponível,humilde, honesto, trabalhador, inteligente, o que nos dá orgulho de ser seus pais e a certeza de que Deus, diante de tantas qualidades, o quis lá no céu para olhar por todos nós.
    A nossa dor é muito grande, mas temos a certeza que Deus nos dará a força necessária para superar a sua ausência, para isso esperamos contar com a oração de todos. Obrigado e que Deus nos abençoe.

    ResponderExcluir
  16. Aos pais do Fábio:
    Como disse anteriormente mais acima, em um outro comentário, eu o conheci qdo fizemos tratamento juntos no CAPC, em Fpolis. Ficamos lado a lado, e embora fosse nítido que ele não estava nada bem, nos passava a energia do querer viver.O que é fundamental para nós pacientes de cancer.Pelo pouco que eu o conheci,era uma pessoa iluminada e buscou de TODAS as maneiras continuar vivo, buscando todas as formas de tratamento.Mais Nosso Senhor tinha outros planos para ele... Assim chegou a hora do Fábio voltar para casa, a nós seus amigos, parentes, e conhecidos, é hora de nos curvarmos a vontade de nosso Pai, e pedir a ele, nosso Pai, forças para sua família p suportar a sua ausencia. A nós que vamos peleando contra esta terrivel mal, pedimos orações e nenrgias positivas. Forte abraço a todos, e que Deus nos abençõe. (como sempre o Fábio se despedia) João Vianei- Biguaçu-SC

    ResponderExcluir
  17. Olá! Não deveríamos passar por momentos tão dolorosos... mas é da nossa natureza não querer ver aqueles a quem amamos sofrendo e nem perdê-los. Na verdade se analisarmos nossa situação aqui na terra, não perdemos, porque não pertencemos uns aos outros. Cada um é um e responsável por si mesmo. Nos é dado por graça divina nos conhecermos e convivermos. O tempo de cada é previamente estabelecido e cabe a nós sermos responsáveis pela administração de nossas relações. Conheci pouquíssimo o Fábio... o que sei dele, foi o que nos contou no Blog, o que os amigos contavam e, principalmente, o que a Ana nos relatava. Eles viveram um grande amor. Honraram até o fim o compromisso que assumiram diante de Deus e, tenho certeza, isso fez aos dois, serem pessoas melhores e foi exemplo para quem os conhecia. Agora Fábio está em uma nova etapa, em outro lugar e Ana precisa continuar a dela aqui. Que Jesus em sua misericórdia ilumine a ambos, cada um em sua fase de existência, para que, um dia, possam estar juntos novamente. Que todos que conheceram a luta do Fabio, possam tirar suas lições e aprender com a fé, a esperança e a coragem deste guerreiro. Esteja em paz Fabio. Força, fé e coragem Ana. Nossas orações continuam a ser por vocês. Beijos.

    ResponderExcluir
  18. São Francisco do Sul (SC), 09 de outubro de 2010.

    O que se diz pra um guerreiro na hora de sua partida?? “Sua vida... sua luta...” jamais será em vão!! Pelo contrário, enquanto o corpo falecia e se prostrava diante do inimigo declarado, a tua alma se agigantava diante da vida eterna. Isto não é papo pra consolar, isto é verdade!! Simm, tem algo maior que a matéria, tem algo maior que a dor, tem algo maior que a perda, tem algo maior que a morte física. A VIDA!! A que se transforma, todos os dias, diante de nós, porém não percebemos o verdadeiro significado do ato de existir, que tem tudo a ver com o papel que temos que desempenhar, aqui e agora.
    Fábio, Tua vida humaniza a espécie... Tua luta fortalece nossa evolução.

    Obrigada, meu querido!!
    Iara Luciane.

    ResponderExcluir
  19. Fábio, sobrinho maravilhoso, a sua palavra mais áspera era "AMOR".
    Praticou por apenas 33 anos, mas suficientes para a eternidade.
    Os seus dois filhos tão sonhados, não vieram, mas ganhaste ainda em vida a possibilidade de ter entre seus braços, dois anjinhos, filhos de sua Irmã e que serás o padrinho do coração.
    PARTIU O SEU CORPO, MAS ESTARÁS PRESENTE SEMPRE EM NOSSAS ALMAS.
    TE AMAREI ALEM DAS NOSSAS VIDAS.

    ResponderExcluir